Seja para morar com os amigos, em casal ou até mesmo sozinho, apartamentos pequenos possuem um charme especial: são extremamente aconchegantes! Isso por causa da proximidade dos móveis e dos ambientes pequenos. 
Mas nem sempre é tão fácil fazer um espaço pequeno se tornar funcional. Por isso a Visão Imóveis reuniu as 7 dicas de ouro para "compactar" tudo sem perder o charme! Confira:
 
1- Quanto mais claro, melhor:
 
As cores sempre influenciam no ambiente em que estão: cores quentes trazem vivacidade ao ambiente e cores mais frias trazem serenidade. Isso também funciona com a ideia de espaço, uma vez que as cores claras dão a impressão de que o ambiente é maior, sendo grandes aliadas dos apartamentos pequenos.
 



2- Espelhos
 
Este é um grande truque dos decoradores de plantão! Espelhos dão a impressão de que o ambiente é maior do que realmente é, "duplicando" o tamanho. São coringas para salas e corredores pequenos, mas quem opta por essa opção deve tomar cuidado: espelhos são atrativos para as pessoas, por isso devem estar sempre bem limpinhos. Outro cuidado que se deve tomar é com os objetos que se projetam nele, podendo ser um grande inimigo para quem gosta de "apinhar" o ambiente com decorações.
 



3- gavetas, compartimentos secretos e móveis funcionais
 
Para os que possuem muitos objetos, roupas e livros, essa dica é excelente, uma vez que são grandes aliados contra as coisas espalhadas, que tornam os ambientes pesados. Pensando nesta proposta, muitos designers de móveis planejaram Estantes, camas, sofás e poltronas com compartimentos que podem ser usados para guardar a "bagunça", podendo ser muito úteis e esteticamente agradáveis.
 
 
 
 
4- Use e abuse de estantes!
 
Se não há mais espaço no chão, use as paredes!  Estantes são extremamente úteis para juntar livros e outros objetos que tomam espaço na decoração. algumas estantes possuem formatos diferentes e agradáveis, como o de árvores, por exemplo, sendo usadas como parte da decoração do ambiente.
 
 
 
 
5- Tudo compacto
 
Espaços pequenos pedem móveis  e eletrodomésticos pequenos. Além de ocupar menos espaço, agregam esteticamente ao ambiente, abrindo espaço para outros objetos.
 
 
 

6- Menos é mais!
 
Seguindo a mesma linha de raciocínio do item interior, a quantidade de móveis e objetos podem tornar o ambiente mais pesado e ocupar muito mais espaço do que deveriam ocupar.



 
7-  Arrumação estratégica
 
Sofás devem sempre ficar em lugares estratégicos do ambiente em que estão, uma vez que são móveis grandes, mas úteis. Podem também ser utilizados para separar ambientes, como sala de jantar e sala de estar. O mesmo vale para armários e camas em seus respectivos ambientes. Dispensar mais tempo planejando seus lugares pode facilitar muito mais na hora de decorar o imóvel.
 



8- Acerte na escolha dos materiais
 
Em apartamentos pequenos, cada centímetro é valioso. Para isso pode-se optar pelos materiais que não ocupam tanto espaço, mas cumprem seu dever na hora de separar os ambientes. Paredes de Drywall, por exemplo, são ótimas alternativas, uma vez que são mais finas que as comuns e possuem um acabamento bonito. Esse é mais um dos truques mais usados por arquitetos, pois não possui um custo elevado.